12 de setembro de 2011

Fazendo bolachinhas com a vó Tina


Este post é extremamente especial para mim. É sobre o dia que eu cozinhei pela primeira vez com a minha vó. Minha vó é uma ótima cozinheira. Casou-se cedo com meu avô (este ano eles completaram 65 anos de casados!) e sempre passou seus dias na cozinha. Vai comer macarrão? Ela faz a massa. Quer comer queijo? Ela faz. Doces de frutas? Doce de leite? Doce de leite com nozes e chocolate? Tudo ela faz. E muito bem. Antigamente ela fazia sua manteiga, torrava e moía seu café, ou seja, cozinheira bem à moda antiga, como eu gostaria de ser.
De uns tempos para cá ela resolveu se especializar em bolachinhas. Pega uma receita daqui, outra dali e testa. Ela faz bolachinhas de tudo: de gengibre, de nozes, de castanha do pará, de canela, mantecal, fubá com limão...O difícil é escolher a mais gostosa. No meu casamento fiz questão de colocar no café "Bolachinhas da Vó Tina"

Nas minha férias de Julho resolvi que já estava na hora de aprender a fazer estas delícias. A pedido do meu marido fui aprender a de castanha do pará. Em primeiro lugar descobri por que fazer bolacha é coisa de vó: começamos as 14:00 e terminamos depois das 18:30, isto por que eu já tinha ralado a castanha do pará de manhã (mais 1 hora) e estávamos em duas! 
Mas o resultado compensa, bolachas deliciosas, inigualáveis, com a que você compra na padaria.
Vamos então a receita ilustrada:
















 E, finalmente, suas bolachas maravilhosas estão prontas....UFA!


Meu próximo objetivo é aprender a fazer a massa folhada dela, minha preferida.
Espero que tenham gostado deste post tão especial.
beijos, Lau
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...